11 3107-4505

Área de clientes


Esqueci minha senha

Carnaval é feriado ou ponto facultativo?

09/02/2018 Folha de Pagamento
image

As empresas têm direito de convocar seus funcionários para trabalhar no Carnaval. É que a data não faz parte da lista de feriados nacionais do país. Isso significa que trabalhar no Carnaval conta como dia normal, não dá direito nem ao pagamento de hora extra.

LEIA MAIS: SOBRE MUDANÇAS NA NOVA LEI TRABALHISTA

A data pode ser considerada como feriado apenas se houver legislação estadual ou municipal específica sobre o tema.

“De acordo com a nossa legislação, o Carnaval não é considerado feriado nacional, podendo ser reconhecido como feriado apenas onde houver lei municipal nesse sentido. Na cidade de São Paulo por exemplo a legislação local não contemplou essa possibilidade”, afirma o advogado do escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados.

Nos locais em que o Carnaval é feriado, como no Rio, os empregados que trabalharem têm direito a folga compensatória em outro dia da semana. Se isso não ocorrer, eles deverão receber as horas extras trabalhadas com o acréscimo de pelo menos 100%, ou mais, se isso estiver previsto na convenção coletiva da categoria desse trabalhador.

“No Rio de Janeiro, por exemplo, a terça-feira de Carnaval foi declarada feriado estadual por meio da Lei 5243/2008. O carioca que trabalhar tem direito a receber hora extra.

Leia mais....

   Saiba: Como a reforma trabalhista pode afetar a sua empresa e sua carreira

Veja mais notícias nessa categoria

image

eSocial: parceria entre empresas e funcionários deve ser ainda mais reforçada

O eSocial, projeto do Governo Federal já conhecido, que visa reunir todas as informações trabalhistas, fiscais e previdenciárias relativas a toda mão de obra remunerada, com ou sem vínculo empregatício,…

image

O eSocial e as férias após licença maternidade

Você sabia que a licença maternidade não pode ser emendada com as férias? É um direito de descanso garantido ao empregado após 12 meses de trabalho na mesma empresa. Leia também: Novas…